22.11.06

Meter num táxi,voltar para trás(para aquele hospital que me fez sair do trabalho 2as horas antes do previsto).ir ao gabinete 9,agarrar na médica loira,espanhola que mal sabe "hablar" o português,abana-la bem e  dar-lhe dois estalos.Ou mais.E depois gritar:

"-olha lá oh minha incompetente então tu mandas-me para casa uma doente que está com ideias suicidas há dois dias e que num rasgo de lucidez vem cá e quase te implora para ser novamente internada senão comete uma loucura???Tu dizes que ela quer mimo?atenção??mAS  que raio de médica és tu oh minha otária?."

Farta de erros médicos.De pessoas incompetentes.De gente estúpida..Mas que raio é isto?

 


 

Estou eu muito bem no meu trabalhito e oiço:

"-raquel pede-se a sua comparencia em frente de loja para atender um telefonema."

lá vou eu.

Do outro lado da linha o sotaque espanhol de um enfermeiro do hospital onde a minha mãe esteve internada.De voz ansiosa diz:

"-olhe voce tem de levar imediatamente a sua mãe ao hospital para depois a poderem internar.imediatamente ouviu?ela não está nada bem."

Eu:"agora já acreditam quando eu dizia que a alta da minha mãe era permatura?"

Ele:"sim...ela tem que ser internada."

Duas lágrimas derramadas.A chefe lá me deixa sair.Taxi.casa.A mãe não estava mesmo bem.Não,ir de taxi está fora de questão.Vêm os bombeiros.Meia hora a ser sacudida numa ambulância.Chegamos.Eram Dez da noite.Não me queriam deixar acompanhara a minha mãe.Depois lá deixaram.O médico:"você é já a seguir..mas primeiro tenho que atender esta senhora que está aqui desde as três da tarde".Levanto a sobrancelha..7horas??Enfim..tento nem pensar.A senhora entra.passado minutos ouvem-se gritos.O médico queria internar-la mas ela não.Mais gritos.a minha mãe e eu vamos para o gabinete ao lado.A (brilhante) médica recomenda uma escala feita cá em casa para nós certeficar-mos que a  minha mãe toma a medicação,diz que ela só quer mimo e colo,"tem consuta dia trinta??ah então espere ate lá...é que sabe as urgência não dá para grandes conversas"...

Que nervos.

Despedi-me dela(da dita cuja..da brilhante médica)

Ela:"então adeus e as melhoras."

Eu:"Obrigado..só uma pergunta!"

Ela:"diga"

Eu:"a senhora é mesmo psiquiatra?"

Ela sorri.Não percebe.

Eu:" ninguem diria..è que sabe  você não percebe nada disto!Quer um conselho?E que tal dedicar-se á pesca?"

E viro costas.Com a minha mãe pelo braço.

publicado por hanna às 23:46

Infelizmente é o pais que temos e isso acaba por reflectir em todos os sectores, um bjito grande e mt força ta.
Sempre que a vida for demasiado cruel e te negar um sorriso tens de ser bastante forte para lhe negar uma lágrima..."

P.S- obrigada pelas tuas palavras no meu blog
PlayingTheAngel a 23 de Novembro de 2006 às 00:33

A incompetencia é algo de muito enraizado no nosso país. Está tudo enconstado à sombra da bananeira, como o sector da saúde ainda tem muita falta de pessoas então a incompetencia é um factor sempre presente... enfim, com um pouco de "sorte" dia trinta calha-te um profissional decente. Beijinhos linda! e muita força!!***
Azzrael13 a 24 de Novembro de 2006 às 00:31

Lamento profundamente que cenas como a que contaste se passem frequentemente nos nossos hospitais.
Enquanto os nossos bons alunos(entenda-se:alguém com vocação absoluta para a medicina, mas que por acaso não tem média de 20) não conseguirem entrar na faculdade cá em Portugal e tiverem de ir estudar para outros países(acabando depois por lá ficar a trabalhar) o nosso sistema de saúde não toma o rumo certo.
Depois...como não há médicos nem enfermeiros em número suficiente , recrutam os espanhóis( a maior parte licenciados com média de 10), que não conseguem trabalho em Espanha e que aparecem cá no burgo, de paraquedas, sem saberem sequer uma única palavra de português.Talvez por isso haja tantos portugueses a tirar cursos de espanhol !
As melhoras da tua mãe.
beijinhos
turbolenta a 24 de Novembro de 2006 às 14:13

Continuando a derreter o gelo...
mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
15
17

21



arquivos
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
blogs SAPO